Programa Reingresso da Universidade Federal do Paraná: avaliação em contexto de migração e refúgio

Bruna Pupatto Ruano, Sérgio Santos Lopes

Resumo


O Programa Reingresso teve início em 2015 com a Resolução Cepe/UFPR nº 13/14, a qual aprovou normas para o acesso de migrantes e refugiados admitidos no Brasil que tenham iniciado cursos superiores em instituições de ensino no estrangeiro aos cursos de graduação da Universidade Federal do Paraná (UFPR). O estudo analisa as etapas de avaliação do programa, sobretudo a avaliação linguística dos candidatos. A seleção é realizada por equipe transdisciplinar do Programa Política Migratória e Universidade Brasileira (Pmub). O artigo discute a importância de aprimorar não só os mecanismos de entrada, mas também de permanência dos alunos reingressos na instituição mediante o aprendizado do português para fins acadêmicos e de um programa de tutoria. Assim, acredita-se que o processo de seleção funcione como diagnóstico para a criação de políticas afirmativas internas, principalmente no que se refere ao acolhimento linguístico desse público na UFPR.


Palavras-chave


migração e refúgio; português como língua adicional; reinserção acadêmica.

Texto completo:

PDF

Referências


ALTO COMISSARIADO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA REFUGIADOS (Acnur) / UNITED NATIONS HIGH COMMISSIONER FOR REFUGEES (UNHCR). Global trends: forced displacement in 2016. Geneva, 2017. Disponível em: . Acesso em: 26 out. 2017.

ALTO COMISSARIADO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA REFUGIADOS (Acnur); CÁTEDRA SÉRGIO VIEIRA DE MELLO (CSVM). Relatório anual 2017. [S. l.]: ACNUR/CSVM, 2017. Disponível em: . Acesso em: 27 fev. 2018.

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. 4. ed. Trad. Paulo Bezerra. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BRASIL. Lei nº 9.474, de 22 de julho de 1997. Define mecanismos para a implementação do Estatuto dos Refugiados de 1951, e determina outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 23 jul. 1997. Seção 1, p. 15822.

BRASIL. Lei nº 13.445, de 24 de maio de 2017. Institui a Lei de Migração. Diário Oficial da União, Brasília, 25 maio 2017. Seção 1, p. 1.

BRASIL. Ministério da Justiça (MJ). Migrantes, apátridas e refugiados: subsídios para o aperfeiçoamento de acesso a serviços, direitos e políticas públicas no Brasil. Brasília: MJ, Secretaria de Assuntos Legislativos; Ipea, 2015. (Série Pensando o Direito, n. 57).

BRASIL. Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). Refúgio em números. Brasília: Secretaria Nacional de Justiça, 2017. Disponível em: . Acesso em: 15 dez. 2017.

CHARAUDEAU, P. Linguagem e discurso: modos de organização. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2012.

CLARK, H. O uso da linguagem. Tradução de Nelson de Oliveira Azevedo e Pedro M. Garcez. Cadernos de Tradução, Porto Alegre, n. 9, p. 49-71, 2002.

FRIEDRICH, T. S. et al. Política migratória e universidade brasileira: a experiência do atendimento a haitianos e outros migrantes na UFPR. Périplos: Revista de Pesquisa sobre Migrações, Brasília, v. 1, n. 1, p. 73-91, 2017.

OLIVEIRA, A. T. R. Nova lei brasileira de migração: avanços, desafios e ameaças. Revista Brasileira de Estudos de População, Belo Horizonte, v. 34, n. 1, p. 171-179, jan./abr. 2017.

ROSSA, L. A.; MENEZES, M. A. Imigração e refúgio no Brasil e os programas especiais de acesso ao ensino superior: levantamentos iniciais dos programas implementados até 2016. In: ENCONTRO NACIONAL SOBRE MIGRAÇÃO, 10., 2017, Natal. Anais... Natal: ABEP, 2017.

RUANO, B. P. Programa Reingresso UFPR: aproveitamento de vagas remanescentes para a reinserção acadêmica de migrantes e refugiados – ações de acolhimento. 2019. 446 p. Tese (Doutorado em Estudos Linguísticos) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2019.

SANTOS, J. M. P. Proposta de critérios para elaboração de unidades temáticas e de enunciados de tarefas em contexto de ensino de PLE no Celin-UFPR. 2014. 148 f. Dissertação (Mestrado em Letras) – Setor de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2014.

SCARAMUCCI, M. V. R. O projeto Celpe-Bras no âmbito do Mercosul: contribuições para uma definição de proficiência comunicativa. In: ALMEIDA FILHO, J. C. P. (Org.). Português para estrangeiros: interface com o espanhol. 2. ed. Campinas: Pontes, 2001. p. 77-90.

UNITED NATIONS HIGH COMMISSIONER FOR REFUGEES (UNHCR) ver Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur)

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ (UFPR). Resolução nº 13/14 - CEPE, de 6 de junho de 2014. Aprova normas para acesso de migrantes regularmente admitidos no Brasil e portadores do estado de refugiado de seu país de origem ou de visto humanitário e que tenham iniciado cursos superiores em instituições de ensino no estrangeiro aos cursos de graduação da UFPR, com fulcro no Art. 44 da Lei nº 9.474 de 20 de julho de 1997. Curitiba, 2014. Disponível em: . Acesso em: 6 abr. 2017.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ (UFPR). UFPR entrega diploma de arquiteta à primeira aluna refugiada formada na instituição. Curitiba, 2017. Disponível em: . Acesso em: 27 fev. 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ (UFPR). Edital nº 02/PROGRAD: acesso migrantes e refugiados. Curitiba, 2018a. Disponível em: . Acesso em: 25 jan. 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ (UFPR). UFPR terá processo seletivo anual com dez vagas suplementares específicas para migrantes e refugiados. Curitiba, 2018b. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ (UFPR). Programa da UFPR inicia acolhimento linguístico e acadêmico para migrantes e refugiados. 4 fev. 2019. Disponível em: . Acesso: 28 jun. 2019.




DOI: http://dx.doi.org/10.24109/2176-6673.emaberto.32i104.4224

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


Em Aberto, Brasília, DF, Brasil. e-ISSN:  2176-6673

Licença Creative Commons A Em Aberto está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

EdubaseDiadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas BrasileirasPublic Knowledge Project
EZ3 - Elektronische ZeitschriftenbibliothekOEI - Organización de Estados IberoamericanosIbict
LatindexBASE