Uso e produção de imagens em oficinas de CienciArte com Ecologia de Saberes para a promoção da saúde

Luciana Ribeiro Garzoni, Rita de Cássia Machado da Rocha, Roberto Todor, Tania Araujo-Jorge

Resumo


As estratégias educacionais para promoção da saúde no Brasil precisam enfrentar o avanço da dengue, zika, chikungunya e febre amarela, doenças virais transmitidas pelo Aedes aegypti (DVTA) em áreas urbanas infestadas por esse vetor. Ações educativas tradicionais não têm sido suficientes/eficientes, por isso, nas oficinas realizadas em áreas de vulnerabilidade socioambiental com prevalência do mosquito, foi adotada a abordagem conjunta de CienciArte e Ecologia de Saberes. Imagens do ciclo do Aedes e das condições propícias à manutenção de seus criadouros foram utilizadas para sensibilização e reflexão sobre o tema. Estabeleceu-se um diálogo entre os saberes científico e popular, enriquecedor para ambos, favorecendo a promoção da cidadania. Os participantes produziram fotografias de problemas socioambientais relacionados com a presença do Aedes, possibilitando a reflexão e a proposição de soluções, num processo de formação de jovens multiplicadores para o controle do vetor e a prevenção das doenças virais.


Palavras-chave


educação em saúde; ensino em saúde; promoção da saúde; cienciarte; oficinas dialógicas; dengue; Aedes

Texto completo:

PDF

Referências


minutos contra o Aedes. Fiocruz, [s. d.]. Disponível em: https://portal.fiocruz.br/sites/portal.fiocruz.br/files/documentos/10_minutos_contra_aedes.pdf>. Acesso em: dez. 2018.

AEDES AEGYPTI introdução aos aspectos científicos do vetor. Fiocruz, [s.d.]. Conjunto de 10 vídeo-aulas. Disponível em: . Acesso em: dez. 2018.

ANJOS, R. S. A. dos. Milton Santos, território e fotografia: aproximações. Tempo – Técnica – Território, Brasília, v. 2, n. 1, p. 51-57, 2011.

ARAUJO, I. C. N.; ARAUJO-JORGE, T. C. de; MEIRELLES; R. M. S. Dengue II: o caminho do vírus da dengue. Rio de Janeiro: LBC/IOC/Fiocruz, 2003. (Com Ciência na Escola, 5). Disponível em: . Acesso em: 29 jun. 2018.

ARAUJO-JORGE, T. C. de et al. CienciArte© no Instituto Oswaldo Cruz: 30 anos de experiências na construção de um conceito interdisciplinar. Ciência e Cultura, Campinas, v. 70, n. 2, p. 25-34, 2018.

ARAUJO-JORGE, T. C. de et al. Microscopy images as interactive tools in cell modeling and cell biology education. Cell Biology Education, [S.l.], v. 3, n. 2, p. 99-110, Summer 2004.

ASSIS, S. S.; ARAUJO-JORGE, T. C. de. Ações intersetoriais para o controle das doenças negligenciadas e promoção da saúde: uma análise do Programa Saúde na Escola (PSE) e suas contribuições para o Ensino de Ciências. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 10., 2015, Águas de Lindóia, SP. Anais... Águas de Lindóia: Abrapec, 2015. Disponível em: . Acesso em: 29 jun. 2018.

BOWEN, M. The ecology of knowledge: linking the natural and social sciences. Geoforum, v. 16, n. 2, p. 213-225, 1985.

CARTA de Ottawa: Primeira Conferência Internacional sobre Promoção da Saúde. Otawa, 1986. Disponível em: . Acesso em: 29 jun. 2018.

BUSS, P. M. Promoção da saúde e qualidade de vida. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 5, n. 1, p. 163-177, 2000.

BUSS, P. M.; PELLEGRINI FILHO, A. A saúde e seus determinantes sociais. Physis Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 17, n. 1, p. 77-93, 2007.

CAMPANHA “10 minutos contra dengue” vide 10 minutos...

CASTRO, J. E. Desigualdad estructural y determinación social. In: CASTRO, J. E.; COSTA, A. M. (Ed.). Structural inequality and microcephaly: the social determination of an epidemic. Newcastle upon Tyne: WATERLAT-GOBACIT, 2016. p. 8-29. (Thematic Area Series SATAGSA – TA5 – Water and Health, v. 3). Disponível em: . Acesso em: dez. 2018.

COM CIÊNCIA na escola vide Meirelles et al.; Araújo, Araújo-Jorge e Meirelles.

DENGUE vírus e vetor. [s. d.]. Contém bibliografia de documentários e produtos educativos. Disponível em: . Acesso em: dez. 2018.

ESTEVES, C. J. O. Risco e vulnerabilidade socioambiental: aspectos conceituais. Caderno IPARDES, Curitiba, v. 1, n. 2, p. 62-79, 2011.

FISCHER R, M. B. Mídia, máquinas de imagens e práticas pedagógicas. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 12, n. 35, p. 290-299, maio/ago, 2007.

FREIRE, P. Educação como prática de liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1967.

FREIRE, P; OLIVEIRA, R. D. de; OLIVEIRA, M. D. de. Vivendo e aprendendo: experiência do IDAC em educação popular. São Paulo: Brasiliense, 1984.

GROSSMAN, E.; ARAUJO-JORGE, T. C. de; ARAÚJO, I. S. A escuta sensível: um estudo sobre o relacionamento entre pessoas e ambientes voltados para a Saúde. Interface - Comunicação, Saúde, Educação, Botucatu, v. 12, n. 25, p. 309-324, abr./jun. 2008.

MATRACA, M. V. C.; WIMMER, G.; ARAUJO-JORGE, T. C. Dialogia do riso: um novo conceito que introduz alegria para a promoção da saúde apoiando-se no diálogo, no riso, na alegria e na arte da palhaçaria. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 16, n. 10, p. 4127-4138, 2011.

MALTEMPI, M. V. Educação matemática e tecnologias digitais: reflexões sobre prática e formação docente. Acta Scientiae, Canoas, v. 10, n. 1, p. 59-67, jan./jun. 2008.

MEIRELLES, R. M. S. et al. Dengue I: brincando para descobrir novidades. [Rio Janeiro]: Fiocruz, [2003]. (Com Ciência na Escola, 4). Disponível em: . Acesso em: 29 jun. 2018.

MUNDO macro e micro do mosquito Aedes aegypti: para combatê-lo é preciso conhecê-lo, O. Direção: Genilton Vieira. Produção: Setor de Produção e Tratamento de Imagem do Instituto Oswaldo Cruz (IOC). [s. d.]. 10,54 min Disponível em: . Acesso em: dez. 2018.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (ONU). Transformando nosso mundo: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. 2015. Disponível em: . Acesso em: 29 jun. 2018.

PIAGET, J. Biologie et connaissance. Gallimard: Paris, 1967

RAMALHO, H. A transversalidade da educação para a saúde no ensino básico. In: MARTINS, M. I. C. et al. (Org.). Trabalho em saúde, desigualdades e políticas públicas. Braga: Centro de Investigação em Ciências Sociais/Universidade do Minho; Rio de Janeiro: Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca/Fiocruz, 2014. p. 167-178.

RANGEL-S, M. L. Dengue: educação, comunicação e mobilização na perspectiva do controle – propostas inovadoras. Interface: Comunicação, Saúde, Educação, Botucatu, v. 12, n. 25, p. 433-441, abr./jun. 2008.

ROLIM, L. B.; CRUZ, R. S. B. L. C.; SAMPAIO, K. J. A. J. Participação popular e o controle social como diretriz do SUS: uma revisão narrativa. Saúde em Debate, Rio de Janeiro, v. 37, n. 96, p. 139-147, 2013.

ROOT-BERNSTEIN, R. et al. ArtScience: integrative collaboration to create a sustainable future. Leonardo, Cambridge, v. 44, n. 3, p. 192, 2011.

ROOT-BERNSTEIN, R.; ROOT-BERNSTEIN, M. Centelhas de gênios: como pensam as pessoas mais criativas do mundo. São Paulo: Nobel, 2001.

SANTOS, B. S. Para além do pensamento abissal: das linhas globais a uma ecologia de saberes. Revista Crítica de Ciências Sociais, Coimbra, n. 78, p. 3-46, 2007.

SANTOS, I.; GOLDSTEIN, R.; SOUZA S. Pesquisas para o SUS: uma parceria academia, serviços de saúde, e sociedade civil – Rede Saúde Manguinhos. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2017.

SILER, T. The ArtScience Program for realizing human potential. Leonardo, Cambridge, v. 44, n. 5, p. 417-424, 2011.

VALLA, V. V. Redes sociais, poder e saúde à luz das classes populares numa conjuntura de crise. Interface: Comunicação, Saúde, Educação, Botucatu, v. 4, n. 7, p. 37-56, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.24109/2176-6673.emaberto.31i103.4005

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


Em Aberto, Brasília, DF, Brasil. e-ISSN:  2176-6673

Licença Creative Commons A Em Aberto está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

EdubaseDiadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas BrasileirasPublic Knowledge Project
EZ3 - Elektronische ZeitschriftenbibliothekOEI - Organización de Estados IberoamericanosIbict
LatindexBASE