Leitura de imagens como possibilidade de aproximação entre arte e ciência

Josie Agatha Parrilha Silva, Marcos Cesar Danhoni Neves

Resumo


Todas as áreas utilizam e criam imagens, mas nem sempre possuem um referencial teórico, questão com a qual a arte pode contribuir. Considerando que arte e ciência são faces do conhecimento, é apresentada uma proposta de leitura de imagem interdisciplinar que possa ser aplicada em diferentes áreas. O referencial teórico baseia-se em abordagens epistemológicas de Umberto Eco, Paul Valèry e Edgar Morin, e em teóricos da leitura de imagem, como Lucia Santaella, Erwin Panofsky e Horst Bredekamp. A partir dessas contribuições, é elaborada uma leitura de imagem com quatro passos: análise da forma, análise do conteúdo, análise das relações que envolvem a imagem (autor versus contexto versus leitor) e análise interpretativa do leitor.


Palavras-chave


Imagem; Arte e Ciência; Leitura de Imagem

Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA, A. M. A imagem no ensino da arte: anos 80 e novos tempos. 6. ed. São Paulo: Perspectiva, 2005.

BARBOSA, A. M. Tópicos utópicos. Belo Horizonte: C/Arte, 1998.

BREDEKAMP, H. Gazing hands and blind spots: Galileo as draftsman. Science in Context, Cambridge, v. 13, n. 3-4, p. 423-462, Aut./Wint. 2000.

BREDEKAMP, H. Mãos pensantes: considerações sobre a arte da imagem nas ciências naturais. In: ALLOA, E. (Org.). Pensar a imagem. Belo Horizonte: Autêntica, 2015a. p. 141-164.

BREDEKAMP, H. Teoria do acto icônico. Trad. Artur Morão. Lisboa: Universidade Novas de Lisboa, 2015b.

DONDIS, D. A sintaxe da linguagem visual. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

ECO, U. O nome da rosa. São Paulo: Record, 2009.

ECO, U. Obra aberta. São Paulo: Perspectiva, 1991.

FRACAROLLI, C. A percepção da forma e sua relação com o fenômeno artístico: o problema visto através da Gestalt (psicologia da forma). São Paulo: USP/FAU, 1952. Disponível em: . Acesso em: 13 jun. 2018.

GOMBRICH, E. Os usos da imagens: estudos sobre a função da arte e da comunicação visual. Trad. Alexandre Salvaterra. Porto Alegre: Bookman, 2012.

JOLY, M. Introdução à análise da imagem. 14. ed. Campinas: Papirus, 2010.

KANDINSKY, W. Composição V. 1911. Óleo sobre tela, 190 cm x 275 cm. Neue Galerie, coleção privada de Ronald Laude. Disponível em: . Acesso em: 13 jun. 2018.

KUHN, T. S. A estrutura das revoluções científicas. 5. ed. São Paulo: Perspectiva, 1997.

KUHN, T. S. A tensão essencial. São Paulo: Ed. da UNESP, 2011.

MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da percepção. Trad. Carlos Alberto Ribeiro de Moura. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

MERLEAU-PONTY, M. O visível e o invisível. Trad. José Artur Gianotti e Armando Mora d’Oliveira. São Paulo: Perspectiva, 2007.

MORIN, E. Ciência com consciência. Trad. Maria de Alexandre e Maria Alice Sampaio Dória. 4. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000.

PANOFSKY, E. Significado nas artes visuais. Trad. M. C. F. Keese e J. Guinsburg. 3. ed. São Paulo: Perspectiva, 2007.

PILLAR, Analice Dutra (Org.). A educação do olhar no ensino das artes. Porto Alegre: Mediação, 1999.

ROSSI. M. H. W. Imagens que falam: leitura da arte na escola. Porto Alegre: Mediação, 2003.

RUBENS, P. P. A ressureição de Cristo. 1611-1612. Óleo sobre painel, 136 cm x 40 cm. Catedral de Nossa Senhora, Antuérpia. Disponível em: . Acesso em: 13 jun. 2018.

SALGUEIRO, V. O objeto artístico: elementos para uma discussão teórico metodológica. Revista Poiésis: Estudos da Ciência da Arte, Niterói, n. 1, p. 133-146, 2000.

SALLIS, J. Slades of painting at the limit. Bloomington: Indiana University Press, 1998.

SANTAELLA, L. Leitura de imagens. São Paulo: Melhoramentos, 2012. (Coleção Coomo eu ensino).

SANTAELLA, L. O que é a semiótica. São Paulo: Brasiliense, 1985. (Coleção Primeiros Passos).

SILVA, J. A. P.; NARDI. R. Arte e ciência na Lua: interdisciplinaridade e formação de professores. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2017.

SILVA, J. A. P.; NEVES, M. C. D. Leitura de imagem: reflexões e possibilidades teórico-práticas. Labore em Ensino de Ciências, Campo Grande, v. 1, n. 1, p. 128-136, 2016. Disponível em: . Acesso em: 13 jun. 2018.

SILVA, J. A. P.; NEVES, M. C. D. O Codex Cigoli-Galileo: ciência, arte e religião num enigma copernicano. Maringá: Ed. da UEM, 2015.

VALÈRY, P. Primeria aula do curso de poética. In: VALÈRY, P. Variedades. Trad. Maiza Martins de Siqueira. São Paulo: Iluminuras, 1991. p. 187-200.

WOODFIELD, R. Introdução. In: WOODFIELD, R. Gombrich essencial: textos selecionados sobre arte e cultura. Trad. Alexandre Salvaterra. Porto Alegre: Bookman, 2012.

ZAMBONI, S. A pesquisa em arte: um paralelo entre arte e ciência. 3. ed. São Paulo: Autores Associados, 2006.




DOI: http://dx.doi.org/10.24109/2176-6673.emaberto.31i103.4002

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.


Em Aberto, Brasília, DF, Brasil. e-ISSN:  2176-6673

Licença Creative Commons A Em Aberto está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

EdubaseDiadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas BrasileirasPublic Knowledge Project
EZ3 - Elektronische ZeitschriftenbibliothekOEI - Organización de Estados IberoamericanosIbict
LatindexBASE